Trepadeira – 70 Ideias lindas de decoração + Dicas, tipos e espécies!

As trepadeiras são plantas populares e que prometem levar beleza a qualquer ambiente. Com caules longos e finos, elas precisam de uma estrutura para poderem crescerem, bem como se sustentarem.

Para quem não sabe, existem trepadeiras de todos os tipos possíveis. Há aquelas que só contém folhagens verdes, que combinam facilmente com qualquer decoração, e as que possuem flores, conquistando um visual delicado e romântico.

Espécies de trepadeiras
Há muitas e muitas espécies de trepadeiras

Se você está em busca de uma planta que preencha alguma superfície de sua casa, seja ela horizontal e vertical, pode considerar uma que seja trepadeira.

Como o próprio nome sugere, ela “trepa” na estrutura escolhida, que pode ser alvenaria, madeira, bambu, ferro, etc. Qualquer que seja a espécie, requer uma poda determinada a fim de garantir seu desenvolvimento correto e consequentemente a beleza.

Elaboramos um post completo para você conhecer mais sobre trepadeiras. 

Trepadeira
Conheça com a gente tudo sobre as trepadeiras!

Principais espécies e tipos de trepadeira

Como falamos anteriormente, existem muitas espécies de trepadeiras. Cada uma oferece uma beleza única para seu projeto de paisagismo e jardinagem.

Por isso que é bacana ficar por dentro das características pelo menos das principais. Selecionamos algumas delas aqui para você conhecer e se inspirar. Acompanhe!

Bela Emília – Plumbago auriculata

Vamos começar citando a Bela Emília, que é um arbusto nativo da África do Sul, muito ramificado e que pode chegar a 2 metros de altura.

Tem folhas de cor verde-clara e flores parecidas com buquezinhos nas cores brancas ou azuis-claras dependendo da variedade. As flores, a saber, podem surgir quase que o ano inteiro.

Segundo especialistas, essa trepadeira pode ser usada isoladamente ou em conjunto com outras plantas, formando cercas vivas, se conduzidas a isso.

Cuidados básicos –  É super tolerante ao frio, então pode ser cultivada de norte a sul do Brasil. A restrição é quanto aos ventos fortes.

Bela Emília
Bela Emília

Alamanda – Allamanda cathartica

A Alamanda também é um arbusto originária do Brasil, que chega até 6 metros de altura. Ela também possui folhagens verdes e além disso flores com cores vivas, podendo ser amarelas, púrpuras, etc. Elas surgem com maior intensidade na primavera, bem como no verão.

Para se tornar uma trepadeira bem firme e segura, precisa ser conduzida no início com amarrilho, em suportes, caramanchões, portais, assim como cercas.

Cuidados básicos – Segundo especialistas, ela deve ser plantada em um ambiente ensolarado. Ela possui boa resistência aos períodos de seca.

Atenção – Trata-se de uma planta tóxica

A Alamanda possui em sua composição um látex resinoso e venenoso que pode causar dermatite de contato na pele. Por isso, é necessário mantê-las no alto, de preferência, evitando o contato com crianças e animais. Por outro lado, é ótima no combate a pragas de jardim.

Alamanda

Bougainville – Bougainvillea spectabilis

A Bougainvillea também é nativa do Brasil e alcança 5 metros de altura. É extremamente ramificada e apresenta espinhos na ramagem. Possui folhas e flores pequenas, que surgem em diversas cores, por exemplo: branca, rosa claro, coral, carmim, laranja, purpura e amarelo.

A saber, essa espécie é intensamente híbrida. Por isso você a encontra em muitas formas e cores diferentes. Elas florescem ainda mais quando está bastante frio e não convivem bem com ambientes úmidos, portanto, não é indicado molhar muito o solo em que ela está.

Cuidados básicos – De acordo com os especialistas em jardinagem, é recomendado fazer podas de limpeza, removendo galhos secos e doentes. Isso favorece o desenvolvimento saudável e o crescimento constante das bonitas flores.

Bougainville

Madressilva – Lonicera japonica

A Madressilva originária da China e do Japão, muito vigorosa, chegando até 9 metros de altura com suas folhagens verde escuras e bastante densa. Além disso, ela possui flores brancas e amarelas grandonas, que exalam um perfume característico – os beija-flores adoram essa trepadeira.

É uma planta muito usada no paisagismo, principalmente decorando pergolados e muros.

Cuidados básicos – Deve ser cultivada em sol pleno ou então meia sombra. Por ter um perfume forte, é melhor não plantá-la próxima a quartos, por exemplo, pois pode desencadear alergias. 30 metros é uma boa distância nesse caso.

Madressilva
Madressilva

Ipoméia Rubra – Ipomoaea horsfalliae

A Ipoméia Rubra é nativa das Índias Orientais. Tem as folhas palmadas e brilhantes, mas que não se mantêm totalmente no inverno, quando boa parte delas caem. Já as flores são grandes e em forma de funil e naturalmente na cor vermelho-bordô.

No entanto, você pode encontrar por aí espécies híbridas nas cores brancas-rosadas, roxas e rosas-arroxeadas, porém são mais raras.

Cuidados básicos – É bem versátil, suportando bem o calor, frio e geadas leves. Aprecia calor e tolera o frio ou geadas leve. No inverno, inclusive, elas se multiplicam.

Ipoméia Rubra
Ipoméia Rubra

Trepadeira Jade – Strongylodon macrobotrys

A Trepadeira Jade é originária das Filipinas, tem crescimento vigoroso e alcança impressionantes 18 metros de comprimento. É uma das plantas mais ornamentais do mundo. Trata-se de uma trepadeira volúvel, com caule espesso, torcido e conforme envelhece, fica lenhosa.

Possui inflorescências pendentes, se tornando verdadeiros cachos azuis-esverdeados, bem diferentes, o que transforma a espécie decorativa por si só.

Para se desenvolver bem, essa trepadeira precisa ser plantada para crescer em caramanchões e pérgolas altas, com 2,5 metro de altura no mínimo. Uma vez que seus cachos podem chegar até 1,20 metro de comprimento.

Cuidados básicos – É mais adequada em locais tropicais e não suporta frio abaixo de 15 graus.

Trepadeira Jade
Trepadeira Jade

Unha de gato – Ficus pumila

A Unha de Gato é uma das trepadeiras mais famosas e usadas no mundo todo. Sua origem é chinesa, japonesa e australiana.

Ela cresce muito rápido, mas precisa de um suporte para isso ocorrer. Elas costumam aderir na estrutura com muita facilidade, principalmente quando é sólida, como é o caso dos muros.

São ótimas para formar a base de jardins verticais, suavizar a estética de muros de concreto e abaixar a temperatura do local. Necessitam de manutenção periódica para se manterem saudáveis e fixadas no suporte.

Cuidados básicos – É muito tolerante ao frio, precisando sempre de um ambiente úmidos, porém, sem estar encharcado. O cultivo em muros pintados com cal pode danificar as suas raízes.

Além disso, sem a poda frequente, pode crescer desacerbadamente e se tornar uma invasora de muros alheios.

Unha de gato
Unha de gato

Hera – Hedera Canariensis

A Hedera canariensis é outra trepadeira muito célebre e usada pelo mundo afora. É nativa das Ilhas Canárias, dos Açores, da Argélia e de Portugal, atingindo até 30 metros de altura quando cultivada nas superfícies adequadas.

Quando novinhas, as hastes da Hera são verdes, às avermelhadas ou arroxeadas. Quando maduras, tornam-se cinza ou amarronzadas na maturidade. Suas folhas largas costumam cair bastante entre o outono e inverno.

Assim como a Unha de gato, é muito usada para revestir e decorar muros, bem como paredes. Também é utilizada como cobertura de solo.

Cuidados básicos – A saber, a hera aprecia a umidade e o frio subtropical. É indicado fazer podas para controlar o crescimento. A pintura com cal danifica suas raízes, portanto, tome este cuidado.

hera
Hera

Flor de Cera – Hoya carnosa

A Flor de Cera é uma trepadeira do tipo cipó, originária da Austrália e China. Apresenta um crescimento lento e delicado, podendo chegar até 5 metros de altura.

Suas flores podem ter diversas cores, de brancas a rosas, encantando qualquer pessoa. Elas formam pequenos buquês e tem um perfume nem delicado e característico. Elas florescem durante a primavera e o verão.

Elas podem ser colocadas em pergolados ou ser plantadas em vasos mas com suportes de arames para que possam crescer e se fixas conforme forem nascendo.

Cuidados básicos – A saber, essa é uma planta perfeita para locais que tenham o clima quente. Para se ter uma ideia, a temperatura ideal para ela gira em torno de 16-30 graus. Mas seu cultivo é mais indicado na meia sombra ou iluminação difusa. Se for para tomar sol direto, é melhor que seja somente pela manhã.

No período da primavera e verão a flor de cera necessita ser regada regularmente. Mas no outono e inverno é indicado reduzir o número de regas.

Flor de Cera
Flor de Cera

Jasmim da Índia – Quisqualis indica

De acordo com especialistas, a Jasmim da Índia é um arbusto escandente e é nativa da Ásia. Ela chega a atingir até 8 metros de comprimento. Ou seja, é enorme! Seu nome científico ‘quisqualis’ em latim, significa “qual que é” fazendo uma referência à mudança de cores de suas flores.

Tais flores abrem-se brancas, mas depois se transformam em vermelhas. Surgem quase o ano todo e podem ser aplicadas em diversos tipos de estruturas. Desde o seu nascimento, para crescer na direção certa, é melhor ser conduzida por amarrilhos.

Cuidados básicos – Deve ser plantada a pleno sol, em solo fértil. As regas devem ser regulares.

Jasmim da Índia
Jasmim da Índia

Viuvinha – Petrea subserrata

A Viuvinha é outro tipo de trepadeira bem florida. É nativa do Brasil mesmo e possui os ramos reclinados. As flores nascem azul-lilás ou então brancas, ambas encantadoras, que nascem no inverno e na primavera.

As pétalas dessas flores pequeninas se parecem com uma hélice. E curiosamente ao cair, permanecem girando no ar por algum tempo.

Cuidados básicos – Essa planta trepadeira é cultivada sob sol pleno e todos os anos após a florada, precisa ser podada, incentivando o aumento do crescimento de suas flores.

Para ficar bem bonita e vistosa, deve ser conduzida por amarrilhos assim que for plantada para direcionar seu crescimento. Fica extremamente linda em jardins diversos, revestindo muros, grades, certas e pergolados.

Viuvinha Petrea
Viuvinha Petrea

Dicas de decoração com trepadeira

Além de conhecer as principais espécies de trepadeiras, você pode conhecer com a gente formas de utilizá-las na decoração de sua casa.

As plantas trepadeiras, a saber, são excelentes para jardins e varandas com decoração rústica, provençal, romântica. Podem ser usadas tanto em casas quanto apartamentos, dependendo da permissão e da estrutura firme que for colocada para elas se desenvolverem.

As trepadeiras podem ser de folhas, bem como de flores
As trepadeiras podem ser de folhas, bem como de flores
Trepadeiras são muito famosas no paisagismo
Trepadeiras são muito famosas no paisagismo
Como usar trepadeiras na decoração
Como usar trepadeiras na decoração? Conheça com a gente!

Conheça a seguir ideias incríveis para você apostar em trepadeiras na decoração!

Trepadeiras para pergolado

Os pergolados são estruturas que têm sido muito utilizados em decorações de varandas, jardins e quintais. Eles são compostos por colunas verticais, que geralmente são fixadas na terra de forma bem profunda para oferecer segurança ou cimentadas.

A saber, os pergolados podem ser de diversos materiais, variando conforme o estilo decorativo que você deseja, de seu orçamento e preferência também.

Geralmente, eles são feitos com madeira, bambu ou ferro. É mais raro serem feitas com concreto, mas também é uma opção interessante, apesar de não permitir a mudança de localização como as demais estruturas.

Se você está em busca de uma decoração rústica ou provençal, com certeza vai conseguir combinar bem apostando no pergolado. Uma ideia de uso é em eventos românticos, como os noivados e os casamentos – essa peça, aliás, tem feito o maior sucesso nessas ocasiões.

Você pode apostar em trepadeiras somente com folhagens ou também com flores dependendo do resultado que deseja ter. Só tome cuidado com a característica da planta escolhida, que deve combinar com o local onde o pergolado irá ficar – se bate sol, se é úmido, se tem solo fertil, etc.

Leia mais sobre o assunto: Pergolado de Bambu – 50 Ambientes com os mais lindos modelos!

Abaixo você pode conhecer inúmeras ideias de decoração com trepadeiras em pergolados!

Trepadeiras para pergolados
Linha trepadeira para pergolado

Trepadeiras para pergolados Trepadeiras para pergolados Trepadeiras para pergolados Trepadeiras para pergolados Trepadeiras para pergolados Trepadeiras para pergolados Trepadeiras para pergolados Trepadeiras para pergolados Trepadeiras para pergolados Trepadeiras para pergolados Trepadeiras para pergolados Trepadeiras para pergolados Trepadeiras para pergolados Trepadeiras para pergolados Trepadeiras para pergolados Trepadeiras para pergolados Trepadeiras para pergolados Trepadeiras para pergolados Trepadeiras para pergolados Trepadeiras para pergolados Trepadeiras para pergolados Trepadeiras para pergolados Trepadeiras para pergolados Trepadeiras para pergolados Trepadeiras para pergolados Trepadeiras para pergolados

Selecionamos um vídeo para você conhecer outras estruturas legais para as trepadeiras!

Trepadeiras para muro

Outra opção de utilização das trepadeiras é em muros diversos. Você pode escolher espécies com o objetivo de ornamentar, levando mais beleza à fachada de sua casa.

A trepadeira em muro também pode ser usada para levar mais graciosidade e leveza para o concreto. É uma forma de cobrir o muro completamente, sem precisar pintá-lo.

Também pode ser uma dica bem bacana para diminuir a temperatura do ambiente, quando se trata de uma região muito quente ou que bate muito sol.

Selecionamos algumas imagens de muros ornamentados com trepadeiras. Confira:

Trepadeiras para muros Trepadeiras para muros Trepadeiras para muros Trepadeiras para muros Trepadeiras para muros Trepadeiras para muros

Trepadeiras para muros
A unha de gato é a trepadeira mais usada em muros

Trepadeiras para muros Trepadeiras para muros Trepadeiras para muros Trepadeiras para muros Trepadeiras para muros Trepadeiras para muros Trepadeiras para muros Trepadeiras para muros

Trepadeiras para muros
Há plantas trepadeiras incríveis para muro

Trepadeiras para muros Trepadeiras para muros Trepadeiras para muros Trepadeiras para muros Trepadeiras para muros Trepadeiras para muros Trepadeiras para muros Trepadeiras para muros Trepadeiras para muros Trepadeiras para muros


E então, o que achou de nosso artigo sobre trepadeira? Esperamos que tenha gostado de conhecer as principais espécies e modelos de decoração.

Aproveite para ler também:

Jardins Pequenos – 80 Ideias lindíssimas + Como decorar o seu!

Plantas Artificiais – 65 Ideias na decoração + dicas e cuidados!

Volte mais vezes para conferir outros conteúdos sobre decoração. Até uma próxima!


você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.